Nosso site surgiu com intuito de disponibilizar bons livros ao público católico, visto ser tão difícil encontrá-los nas livrarias seculares atualmente, e mesmo em livrarias que se auto-intitulam católicas, mas que vendem livros com falsas doutrinas, que defendem imoralidades ou que atacam a Igreja e a sua Hierarquia sagrada.

Bons livros são como pérolas e diamantes: é preciso buscar muito para encontrá-los; mas só os encontra quem conhece o que procura e como encontrá-los. Por outro lado, quem busca livros que são como pedras sem valor não precisa fazer muito esforço: encontrá-los-á facilmente e em abundância.

É por isso que nossa livraria pretende ser como uma “peneira”, pondo à disposição dos católicos somente o que foi aprovado pela nossa santa, católica, apostólica e romana Igreja, seja no que concerne à doutrina, à moral ou à vida dos Santos, dos quais pretendemos disponibilizar tanto obras quanto biografias.

Nossa obra é, de fato, pequena, é antes um nada comparada à de tantos Santos e Doutores católicos; mas se conseguirmos ajudar uma só alma que seja a se aproximar de Deus isso já nos servirá como recompensa. Assim disse Santa Teresa d´Ávila quando soube dos prejuízos que o protestantismo começara a causar no mundo: “Deu-me grande aflição, e, como se pudesse ou valesse alguma coisa, chorava com o Senhor, suplicando-lhe para remediar tanto mal. Parecia-me que mil vidas daria eu para salvação de uma só alma das muitas que ali se perdiam.”¹ Quão nobre aspiração a da Santa, que compreendeu o valor incomensurável de uma única alma para Deus a ponto de querer dar sua vida mil vezes para salvar uma só! Com efeito, por esta única alma Cristo teria morrido na cruz tanto quanto Ele morreu pela humanidade inteira. Assim, por menor que seja a nossa obra, o fim para o qual ela se dirige é grande, pois mesmo grandes conversões e grandes Santos podem provir da leitura de um bom livro.

Nosso apostolado visa, portanto, servir mais perfeitamente a Deus antes de qualquer outro objetivo, e fazer o que nos ensina Jean-Baptiste Chautard em seu conhecido livro “A Alma de todo Apostolado”:

“[...] nada empreender que exceda as nossas forças; habituar-se a ver, em tudo, a vontade de Deus; só trabalhar nas obras que Deus deseja de nós, e só por amor d´Ele; oferecer a Deus o nosso trabalho, renovando amiúde a resolução de não trabalhar senão por Ele e para Ele. Em suma, seja qual for a atenção requerida pelo trabalho, procurar conservar a paz, e o perfeito domínio de nós mesmos. Quanto ao êxito, deixá-lo, somente nas mãos de Deus, fugindo das inquietações humanas para só procurar a Cristo.”²

Colocamos-nos sobre a intercessão da Santa Mãe de Deus, Virgem Castíssima e Imaculada, sob a qual nos consagramos e fazemos escravos, para que Ela tome a frente e faça, por nós, tudo o que for do seu agrado, que é a mesma vontade de seu divino Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo.

E se nossa obra tiver méritos, não será devido a nós, que nada somos, e sim daquele em Quem colocamos a nossa confiança: Nosso Senhor Jesus Cristo, sem o qual nada podemos fazer. “Sem mim nada podeis fazer.” (Jo. XV, 5). Amém.

Instaurare Omnia in Christo. (Ef 1,10)

[1] Santa Teresa de Jesus; Caminho de Perfeição.
[2] A Alma de todo apostolado; Jean-Batiste Chautard.